Fila Simples 1.5

Fila Simples 1.5

Este fim-de-semana ajudei na matrícula dos feras, onde trabalho. Para controlar melhor a fila dos feras, terminei criando peças que aos poucos se tornaram o Fila Simples, uma solução em HTML5.

Recursos:

  • Controle de chamadas por ticket
  • Geração de tickets
  • Suporte a duas mesas consecutivas (onde todos os clientes precisam passar por duas mesas)
  • Opção de desativar uma mesa e ter uma mesa só
  • Definição de letra de prefixo (na imagem de exemplo, o "W") e nome para as duas mesas
  • A cada chamada, toca som de chamada e faz efeito de destaque no painel da mesa correspondente
  • Histórico dos tickets chamados mais recentemente
  • Manual de uso no início do programa

A impressão de tickets não funciona tão bem por si, já que é gerado um HTML e os tickets impressos direto a partir do navegador podem ser cortados de uma página para outra. A solução que usei foi gerar os tickets, selecionar tudo e colar em um documento novo do LibreOffice. Feito isso, nas Propriedades da Tabela, basta desmarcar na aba Fluxo de Texto a opção Permitir linha quebrar entre páginas e colunas.

Para quem precisar de uma personalização, basta baixar o código aqui e mudar à vontade: estou liberando sob a licença GNU AGPL. Para quem precisa de uma solução básica mesmo, utilitária, coloquei no ar o Fila Simples no recém-criado A.Bardo.WS, um local onde colocarei aplicativos web utilitários em geral (exceto os mobile, que comecei colocando em M.Bardo.WS).

Espero que seja útil!

Curso de Gamification

Gamification, falando simplesmente, é a adoção de técnicas e ferramentas de game design em ferramentas que não tem nada a ver com jogos. Adicionar ranking num sistema de helpdesk ou criar troféus para um ambiente de ensino, por exemplo.

O Coursera é uma estrutura que oferece diversos cursos à distância. Cada curso funciona mais ou menos como uma disciplina de graduação. Várias universidades ofertam cursos por lá. Em partircular, a University of Pensylvania tem um curso sobre Gamification, conduzido por Kevin Werbach, um dos autores do livro For the Win, um livro que aparenta ser muito bom (e uma das poucas referências) sobre Gamification.

Pois bem, se você se interessa pelo tema e quer se inscrever no curso, corra que ele começou esta semana!

Escuro

Quem tem medo de escuro?
A Lua cheia traz a luz
Não precisamos nos esconder
Até mesmo por ser impossível

Pra quem tem medo de escuro
A Lua cheia traz a luz
Para iluminar as noites
E nos fazer ver o que não queremos

Quem tem medo de lobisomens
Quem já viu algum?
Tem medo de escuro?

Pra quê ter medo de escuro
Se o escuro pode nos provar
Que é mesmo aquilo que tememos

-- Cárlisson Galdino

Engenho: 

CyanPack 14.0 - Donkey Kong

CyanPack 14.0 - Donkey Kong

 

  • Início da série Atari
  • Novo tema refeito do zero
  • Toda a informação do CyanPack agora em arquivos (semi)JSON (Apps, eBooks e log)
  • Categorias reorganizadas de maneira similar aos menus do Triquel
  • Início do uso de perfis, agrupando aplicativos
  • Adicionado atalho no painel do Trisquel para que o conteúdo do CyanPack possa ser acessado em modo live
  • Acrescentado: Envelope Origami CyanPack Atari
  • Atualizados: F-Droid 0.58, Firefox 26.0, Gimp 2.8.10, LibreOffice 4.1.4, LibreOffice Magazine #8, Qbittorrent 3.1.5, Revista Nintendo Blast 50 e 51, Revista PlayStation Blast 18 e 19, Thunderbird 24.2.0, VLC 2.1.2, XBMC 12.3
  • Removido: Miro

A primeira edição de 2014 homenageia os grandes personagens da Nintendo em antigo e famoso jogo do Atari (e fliperamas). A interface das páginas de acesso ao conteúdo foi refeita e está quase toda em JavaScript, usando Mootools. Uma das vantagens foi a reestruturação das categorias, que agora são apenas modos dinâmicos de exibição. Aproveitando o gancho, foi criado o conceito de perfil de instalação, que são filtros que mostram um subconjunto dos aplicativos, conforme definido em cada perfil. Ainda está em estágio inicial e experimental. Se alguém quiser um perfil próprio (para uso em Lan House, installfest, instituição...), é só mandar a lista de aplicativos que eu adiciono na próxima versão (mas os perfis são subconjuntos do conteúdo do CyanPack, não acrescentarão instaladores.

Agradecimento a Evertton, que implementou um chat em Python para ser incluído no CyanPack. Infelizemente, ele não vai ser usado, ao menos não agora, já que o servidor HTTP do CyanPack, em Python, apresentou alguns problemas.

Enfim, espero que apreciem essa nova versão. E Feliz Ano Novo!

Baixe o CyanPack 14.0

Softwares desta edição:

  • F-Droid (para Android) 0.58

Software

Tipo

Versão Windows

Versão Trisquel

Licença

7-Zip

Compactação

9.20

Use o File Roller

GNU LGPL

Audacity

Gravador de audio multitrilhas

2.0.5

2.0.0

GNU GPL

Ekiga

Comunicação SIP (voz e vídeo)

4.0.1

3.3.2

GNU GPL

FileZilla

Cliente FTP, SFTP, entre outros

3.7.3

3.5.3

GNU GPL

Firefox

Navegador Web

26.0

26.0

MPL

GIMP

Editor de fotos e imagens

2.8.10

2.6.12

GNU GPL

Geany

Editor de código-fonte

1.23.1

0.21

GNU GPL

Gtk2 Runtime

Biblioteca

2.24.10

2.24.10

GNU LGPL

InfraRecorder

Gravação de CD/DVD

0.53

Use o Xfburn

GNU GPLv3

Inkscape

Editor de imagens vetoriais

0.48.4

0.48.3.1

GNU GPL

KeepassX

Gerenciador de Senhas

0.4.3

0.4.3

GNU GPL

Klavaro

Curso de Digitação

2.0.0

1.9.3

GNU GPL

LibreOffice

Ferramentas de Escritório

4.1.4

3.5.7

GNU LGPLv3

LibreOffice

Ajuda do LibreOffice

4.1.4

3.5.7

GNU LGPLv3

MD5 Summer

Checagem de arquivo

1.2.0.05

Use md5sum

GNU GPL

Pidgin

Mensagem Instantânea

2.10.7

2.10.3

GNU GPL

Python

Linguagem de programação e ambiente Idle

3.3.3

3.2.3

PSF

Qbittorrent

Gerenciador de torrents

3.1.5

2.9.7

GNU GPL

SpeedCrunch

Calculadora

0.10.1

0.10.1

GNU GPL

SumatraPDF

Leitor de PDF e Livros Digitais

2.4

Use o epdfview

GNU LGPL

Thunderbird

Cliente de email e RSS

24.2.0

24.2.0

MPL

VLC

Player multimídia

2.1.2

2.0.8

GNU GPL

XBMC

Media player sofisticado em modo tela cheia.

12.3

11.0

GNU GPL

Xournal

Anotações (inclusive em PDF)

0.4.7

0.4.6

GNU GPL

Zim

Anotações estilo wiki

0.60

0.54

GNU GPL

uGet

Gerenciador de downloads

1.10.3

1.8.0

GNU LGPL

 

Special: 

Firefox OS e o Marketplace

Market Place

Não dava pro Firefox OS querer competir com Android e iOS sem ter também uma loja de aplicativos, não é mesmo?

Para quem tá por fora do mundo mobile, uma loja de aplicativos é um site de onde a gente pode baixar/instalar aplicativos para o celular. Similar ao "apt-get e companhia" do Debian. Geralmente essas lojas são mantidas pelos fabricantes do Sistema Operacional móvel. A Google Play Store (ou sei lá qual o nome exato hoje em dia), que é a que eu conheço (talvez nem tanto...) começou oferecendo apenas aplicativos, hoje também vende livros e filmes.

A Mozilla Corporation também tem a sua própria loja de aplicativos, o Marketplace, uma loja de aplicativos HTML5 para Firefox OS (e mais além). Eles oferecem aos desenvolvedores a estrutura para publicação dos aplicativos. Há até mesmo uma API para pagamento (embora eu não me lembre de ter visto algum programa pago por lá).

Para publicar um aplicativo lá, você deve decidir como será: empacotado ou hospedado. Um aplicativo hospedado, como o nome sugere, fica em algum site (de sua própria responsabilidade) e rodará no Firefox OS como se fosse uma página do browser, mas com atalho e ícone na lista de aplicativos do celular.

A propósito, cabe um parêntese bacana (não sei se cabe exatamente aqui, mas vamos lá): qualquer página aberta pelo navegador do Firefox OS pode ser transformada em um aplicativo desse tipo. Ao pedir para adicionar como favorito, você escolhe se será um favorito mesmo ou se vai pra página inicial como atalho.

Bom, continuando... Um aplicativo empacotado será um conjunto de arquivos guardados dentro de um zip, que o Sistema Operacional extrairá criando uma pasta nova durante o processo de instalação.

Isso já é batido, mas não custa lembrar: HTML5 muda tudo. Não há com o que se preocupar quanto à necessidade de acesso à Internet o tempo todo ou a certos recursos do dispositivo. Isso está acessível para o programador. Mesmo aplicativos hospedados podem definir cache e armazenamento local, de modo a se tornarem independente de conexão (claro que isso será inútil para certas categorias de aplicativo, como um buscador de twitter, por exemplo).

Agora uma coisa que ainda não falei: esse lance de aplicativos Firefox não é exclusividade do Firefox OS. Funciona em qualquer dispositivo que tenha um Firefox rodando! Bem, nem todos os aplicativos. Os empacotados, pra começo de conversa, não são instaláveis em outros cantos. Mas dá pra instalar aplicativos hospedados no seu Android (usando o navegador Firefox pra Android) ou no Desktop (Windows, Linux...). Mais um ponto pra MoCo (Mozilla Corporation)!

Se não quiser utilizar a loja para distribuir aplicativos para o Firefox OS, tudo bem! Você pode incetivar os internautas a utilizarem o truque dos Favoritos/Aplicativos! Ou pode criar um botão de instalação no próprio aplicativo ou em algum lugar do seu site! Um botão bem simples e o usuário instala o aplicativo sem precisar recorrer à Marketplace.

Agora o que achei mais incrível dessa loja: ela tem seu código liberado! zamboni é o nome da ferramenta, que é escrita usando Django e oferece toda a infraestrutura para os aplicativos serem disponibilizados (além do Marketplace, é o que a MoCo usa para o Addons.Firefox).

Firefox OS é o que temos de mais livre no mercado mobile! E para completar, falta só a MoCo implementar definição de licença por aplicativo (ou a FSF criar sua própria Marketplace para Firefox OS, controlando o licenciamento).

Aproveitando: veja os aplicativos que eu já tenho lá: Lancelot (rolador de dados), Chair37 (gerenciamento de tesouraria de mensalidades) e rarEfeitos (coletânea de sons). Ainda falarei mais deles por aqui futuramente. Por enquanto, quem usar e quiser registrar sua opinião no Marketplace, agradeço. ;-) Também estou com uma pá de ideias para aplicativos (e pouco tempo).

Bem-vinda, Raposa de Fogo

Firefox OS

Quando começou a onda de smartphones, a coisa estava muito obscura (entenda: "fechada"). Eu me lembro de a Microsoft vir tentando há muito tempo emplacar um Windows nos celulares. Quem realmente revolucionou tudo foi a Apple, a mais fechada das gigantes. Uma luz no fim do túnel veio com a Google em seu Android.

Android, o Sistema Operacional livre! Fabricantes começando a adotá-lo e ele crescendo pouco a pouco. Mas espere: alguma coisa estava errado. Código dos fabricantes de hardware e operadoras não era aberto. Nem mesmo todo o código do Google era aberto. O clímax desse mal estar veio com o Android 3, que os criadores se negaram a liberar o código-fonte (e pode?). Pois é, havia algo errado.

Mas há uma saída. Na verdade, várias propostas de saída. As principais até pouco tempo atrás eram o CyangenMod e o Replicant (este último fazendo com o Android mais ou menos o que o Trisquel faz com o Ubuntu). Outras opções estão chegando.

Em 1º de abril de 2011, plantei uma notícia falsa (na onda do Dia da Mentira) sobre a Canonical lançar um Sistema Operacional para competir com o Android. Seria Humanoid. O engraçado é que, apesar de o nome não ser esse, a iniciativa terminou acontecendo. Hoje estamos prestes a receber no mercado (talvez leve algumas semanas ou meses) o Ubuntu Phone.

De outro lado, Sailfish e Tizen estão sendo desenvolvidos. Mas não é disso que venho falar hoje: é do Firefox OS.

Desde que anunciou o projeto, Boot2Gecko (que eu só quero chamar de Gecko2Go), a proposta já era interessante: usar padrões web como linguagem para criação dos aplicativos móveis. Não que isso não viesse sendo feito. A grande diferença é que no Boot2Gecko (hoje Firefox OS), esse é o caminho.

Sabe? Isso me lembra o início de tudo, do Mozilla Suite. Quando a Netscape abriu o código do seu pacote de Internet (que vinha com o Navigator, Composer, Mail...), a turma olhou o código, pensou um pouco e disse: que merda! Resolveram fazer de novo. E como? Eles investiram em padrões web! Criaram uma lingaugem de definição de interface baseada em XML (o XUL), um novo motor (o Gecko) e outras coisinhas mais. Assim nascia o Mozilla Suite, de onde vieram depois o Firefox, Thunderbird e outros birds por aí.

O curioso disso tudo é que ainda no milênio passado, eles investiram em padrões web desse jeito tão intenso. O Mozilla (e o Firefox, por consequência) é apenas um conjunto de bibliotecas em torno do motor Gecko, com a interface toda feita em XML+CSS+JavaScript. Sim, a janela é toda composta desse jeito, as funções básicas também. Para você entender o poder disso tudo, o Chatzilla mesmo é feito inteiramente em XML+CSS+JavaScript, tem precisar de bibliotecas próprias compiladas.

Dito isto, não é tão novidade assim o conceito do Firefox OS. Mas não deixa de ser uma grande ideia. O uso de HTML5 como a linguagem do Firefox OS tem como objetivo incentivar ainda mais o uso de HTML 5 para aplicações mobile. Aplicativos escritos assim são mais facilmente utilizáveis em outros celulares, não ficando necessariamente presos à plataforma da Mozilla. Ah, e para quem está por fora do HTML5, ele suporta cache, armazenamento local e outros truques, ou seja, não é necessário estar conectado para utilizar um aplicativo (depende do aplicativo, claro).

Bem, vamos em frente. Lembra dessa turma toda que eu falei? Segundo tabela comparativa da Wikipedia, o Firefox OS é o único que não tem componentes proprietários. Mais um ponto para ele.

Por que estou falando disso? Bom, com a chegada do Firefox OS no Brasil, graças à Vivo, voltei a me interessar por programar (por diversão mesmo). É divertido escrever programas móveis em HTML5. Agora que tenho finalmente minha própria raposa de fogo, tentarei arrumar tempo para falar dela. Tanto de desenvolvimento, quanto dicas em geral.

Até mais!

Special: 

CyanPack 13.5 - Stereo-Pak

CyanPack 13.5 - Stereo-Pak

  • Utilizando Python 3 agora;
  • Atualizados :Audacity 2.0.5, F-Droid 0.55, Firefox 25.0.1, GIMP 2.8.8, LibreOffice 4.1.3, LibreOffice Magazine #07, Python 3.3.3, Qbittorrent 3.1.3, Revista Espírito Livre #55, Revista Nintendo Blast #48 e #49, Revista PlayStation Blast #16 e #17, Sumatra 2.4, Thunderbird 2.4.11 e VLC 2.1.1;
  • Removida: Revista FOSSGIS Brasil (12 meses sem atualizações)

O último release do CyanPack da série Records traz como principal novidade a mudança do Python 2 para Python 3, tanto par aWindows como no Trisquel (CyanPack em modo live). Nos dois, a ferramenta Idle está disponível para todos os que estejam estudando Python 3.

O repositório próprio do CyanPack não foi mexido e muito possivelmente será desativado. O cyanpack-server também está com problemas. Espero que sejam resolvidos no próximo release.

Feliz Natal e que venha 2014!

Baixe CyanPack 13.5

  • Download por torrent
  • Download por link direto (Sourceforge)
  • MD5: 779a00204c8c03a751ca8f15b2ff7248

 

Softwares desta edição:

  • F-Droid (para Android) 0.55

Software

Tipo

Versão Windows

Versão Trisquel

Licença

7-Zip

Compactação

9.20

Use o File Roller

GNU LGPL

Audacity

Gravador de Audio multitrilhas

2.0.5

2.0.0

GNU GPL

Ekiga

Comunicação SIP (voz e video)

4.0.1

3.3.2

GNU GPL

FileZilla

Cliente FTP, SFTP e outros

3.7.3

3.5.3

GNU GPL

Firefox

Navegador Web

25.0.1

25.0

MPL

Geany

Editor de código-fonte

1.23.1

0.21

GNU GPL

Gimp

Editor de fotos

2.8.8

2.6.12

GNU GPL

Gtk2 Runtime

Biblioteca

2.24.10

2.24.10

GNU LGPL

InfraRecorder

Gravação de CD/DVD

0.53

Use o Xfburn

GNU GPLv3

Inkscape

Editor de imagem

0.48.4

0.48.3

GNU GPL

KeePassX

Gerenciador de senhas

0.4.3

0.4.3

GNU GPL

Klavaro

Curso de Digitação

2.0.0

1.9.3

GNU GPL

LibreOffice
--Ajuda

Ferramenta de Escritório

4.1.3

3.5.7

GNU LGPLv3

MD5 Summer

Checagem de arquivos

1.2.0.05

Use md5sum

GNU GPL

Miro

Media player que acompanha fontes pela internet (podcasts e videocasts)

6.0

4.0.4

GNU GPL

Pidgin

Mensagem Instantânea

2.10.7

2.10.3

GNU GPL

Python

Programação

3.3.3

3.2.3

PSF

Qbittorrent

Gerenciador de Torrents

3.1.3

2.9.7

GNU GPL

SpeedCrunch

Calculadora

0.10.1

0.10.1

GNU GPL

SumatraPDF

Leitor de PDF e livros digitais

2.4

Use o epdfview

GNU GPL

Thunderbird

Cliente de email e RSS

24.1.1

24.1.1

MPL

uGet

Gerenciador de Downloads

1.10.3

1.8.0

GNU LGPL

VLC

Player Multimídia

2.1.1

2.0.8

GNU GPL

XBMC

Media player sofisticado em modo tela cheia.

12.2

11.0

GNU GPL

Xournal

Anotações (inclusive em PDF)

0.4.7

0.4.6

GNU GPL

Zim

Anotações estilo wiki

0.60

0.54

GNU GPL

Special: 

Fugir da Rotina (2.0)

Nós só queremos fugir da rotina
E mudar o dia-a-dia normal
Queremos que o tempo e tudo aconteça
Quando quiser de forma natural

Nós só queremos quebrar a rotina
Ir de encontro a tudo o que é natural
Queremos ter festa em plena semana
Um dia de folga em meio ao carnaval

Chuva num dia de grande calor
Um raio de Sol dentro da tempestade
Um sorriso num dia triste
Uma lágrima sem necessidade

Nós só queremos fugir da rotina
Queremos ao meio-dia na cidade
Ver a cidade presa em neblina

-- Cárlisson Galdino

A Revanche

Num golpe, um divinal adeus ao oponente
Assim, pois, se faria como estava escrito
Bem mais que despedida, o golpe desferido
Traria a força do que só se vê uma vez

Mas um confronto, outro, e talvez mais que três
Trariam-lhe derrotas, mas sendo vencido
Morte não sofreria frente ao que hão dito
Aqueles que proclamam enxergar à frente

Assim foi que se fez, para que toda a gente
Pudesse vislumbrar ao fim daquele dia
A queda do mais forte e eterno temido

Mas no final da luta, um grito e um gemido
O herói que se vai quando cumpre a profecia
Pois fôra seu papel cumprido finalmente

-- Cárlisson Galdino

Páginas