Escarlate III #30 - A Linhagem de Astri

29 jul 2012

Escarlate III #30 - A Linhagem de Astri

- Ele está em Awra.

- Que droga!

As palavras de ira de Eve refletem os sentimentos de todos ali presentes, em resposta à busca feita por Zand. E ela completa.

- Sabe o que é pior? Eu estou percebendo o padrão deles. Primeiro atacaram Noak, agora a família real de Wiogee não existe mais. Então eles estão agora em Awra, planejando o ataque ao castelo de Ey Vudeon.

- Eles vão conseguir.

- É, depois disso sobrará apenas a dinastia de Saipu, de Surdi, para ser exterminada.

- Malditos Raxx!

- Onde está a princesa? - Viex pergunta após um instante de ponderação. Os outros olham para ele curiosos. - Sim, o rei e a rainha estão mortos, mas não havia ali sinal da princesa.

- É verdade. - Zand executa mais uma vez a Canção da Busca. - Por aqui. Acho que está no quarto.


Zand gira a maçaneta da porta e a nota trancada.

- Vão embora daqui! - A voz que vem do quarto não é da princesa, mas de um homem.

- Quem está aí dentro? Onde está a princesa? - Zand retruca.

- Quem está aí fora? Vão embora!

Eve olha rapidamente para o grupo, enquanto Viex pega a Janliet para tocar sua canção de leitura de mentes. Antes que encoste a flauta na boca, vê espantado a porta sendo arrombada pela guerreira em corpo de ladina.

Dentro do quarto, um dos soldados, sem elmo, com a testa molhada de suor, empunha uma espada, posicionado entre a porta e a cama. No meio dos lençóis se vê dois olhos assustados.

- Não... Vocês. - O soldado abaixa a arma e se senta aliviado, enquanto a princesa salta da cama correndo para abraçar Eve.

- Está tudo bem, menina. Calma. - Eve tenta consolá-la.

- Meus pais...

Eve não responde. Simplesmente acaricia os cabelos da jovem. No fundo as coisas não estão tão bem assim.

- Qual o seu nome, soldado? - Eve pergunta ao rapaz.

- Weex.

- Você fez bem em proteger a princesa. Rapaz corajoso. - Então se volta para os demais. - Quanto a nós, ainda temos um grande problema: Azkelph.

- Poderíamos tentar novamente o transporte, Zand? - Viex se anima.

- Não podemos deixá-la sozinha.

- Ubaen, os Raxx estão destruindo os governos do mundo para conseguirem se instituir como um poder unificado.

- Isso não me diz respeito, Zand. O que me diz respeito é a Vida.

- Se eles conseguirem o que querem... Eles estão propondo um novo mundo e nesse novo mundo a Vida não terá lugar, a não ser que seja conveniente para eles.

- Que saco! Estou cansado disso. - Viex vai até a cama e se senta. - Toda vez temos que convencê-la a sair do lugar.

A fada não se perturba com o comentário, apenas olha ao redor pacientemente.

- Devemos esperar Gloanloi. E um dos assassinos escapou. Pessoas ainda correm perigo. Gloanloi saberá encontrá-lo.

- Sim, pessoas correm perigo, mas muito mais pessoas correm perigo longe daqui. Você não percebe?

- Vocês querem mesmo me deixar só? - A princesa Cyel olha para Eve, com os olhos inundados de lágrimas.

- Querida, isso que você está vivendo hoje é um pesadelo horrível, mas é só o começo do pesadelo. Nós temos que parar antes que tudo fique ainda pior.

Ela abaixa a cabeça de novo e chora quieta.

- Eu protejo a princesa. - Weex fala com relutância.

- Não vai ser suficiente. - Ubaen responde secamente.

- Não, sério. Se vocês nos deixarem no arsenal do castelo, com suprimentos, eu protejo a princesa e podemos resistir por alguns dias até vocês voltarem.

- Cyel?

Ela pensa um pouco e conclui.

- Tudo mudou hoje, é o que vejo. Meus pais não... Agora eu vou ter que ser forte se quiser governar aqui... E ser forte significa tomar decisões... Eu confio nele. Se quiserem, podem ir.

- Ubaen?

- Ainda não resolvi, mas você pode tentar.


Deslizando os dedos pelas cordas da lira, Zand procura Azkelph. Ele está em um salão imenso, rodeado de gente repugnante. Homens rude bebendo e comendo carne quase crua. Do outro lado, alguns sujeitos desconfiados, olhando tudo e comentando entre si.

- Ainda não. - Ubaen responde ao olhar de Viex.

Zand suspira e tenta mais uma vez. Dessa vez ele pensa em tentar algo diferente, mas ao mesmo tempo não novo.

- Sim, vamos.

Ubaen toca os três decidida e o grupo some, diante da princesa Cyel e do guerreiro Weex.

Avalie: 
No votes yet

Comentar