Warning Zone #28 - A Volta com uma Caixa

No episódio anterior, Darrel desperta dentro de um container, com Pandora. Após se inteirar sobre o que aconteceu, Darrel termina descobrindo que aquelas caixas no container na verdade trazem motos de corrida.

Na base da Satã, Diablo espera cabisbaixo, quando finalmente distingue o caminhão-cegonha do grupo se aproximando. Já é noite.

Diablo: Pô, véi! Cês demoraram!

Montanha: Tivemos uns contratempos no caminho, mas conseguimos chegar.

Tungstênio: Além do mais, demos um bom tempo para você, hein? E aí? Quantos estagiários de design conseguimos?

Diablo: Bom, na verdade...

Tungstênio: Não me diga que sua imensa incompetência resultou em nenhum funcionário!

Diablo: Bem, eu não diria dessa forma, tá ligado?

Tungstênio: Tou ligado! Tou muito ligado! Você é que não parece nem um pouco ligado! Todo esse esforço foi em vão!? Será possível?

Seamonkey: Idiota...

Ela comenta, pouco antes de entrar na base, deixando a discussão para os três marmanjos.

Montanha: Você sabia que todo esse plano foi elaborado para te dar tempo de sequestrar alguém?

Diablo: Pô gente, foi mal, tá? Eu tentei, mas o pessoal tá com medo mesmo.

Montanha: Ninguém apareceu?

Diablo: Na verdade apareceu, mas não consegui me aproximar deles sem fazer barulho. Cês sabem que a gente é meio desengonçado... Esse tipo de coisa era melhor a Seamonkey fazer.

Montanha: E quem dirigiria o Satãmóvel?

Diablo: Ih, é...

Tungstênio: Acho que teremos de abandonar o plano de termos um logotipo e um site...

Montanha: A Seamonkey não podia fazer isso?

Tungstênio: A Seamonkey não é designer, ora! Se fosse pelo menos a Stormdancer, mas ela está do lado do Cigano!

Montanha: Pensei em uma coisa, chefe. O logo poderia ser bem simples. O que acha de um quadrado com um W no meio?

Tungstênio: Hmmm...

Montanha: Você disse que Tungstênio era o elemento da tabela periódica representado pela letra W...

Tungstênio: Mas é claro! Uma daquelas caixas de elementos químicos! Perfeito! Podemos ter um símbolo como se fosse o símbolo do elemento Tungstênio!

Montanha: E poderíamos ter algo que simbolizasse o grupo também, o grupo SATÃ.

Diablo: Podiam ser chifres na caixa.

Tungstênio: Como?

Diablo: Sim, o quadrado tendo dois chifres saindo...

Montanha: Só para fazer referência ao cornudo que é você? Não concordo.

Diablo: Não, pô, os chifres iam ser vermelhos!

Montanha: Mesmo assim!

Tungstênio: Chifres não... Poderíamos fazer o W ser ostentado como o topo de um tridente! Sim! Seria perfeito!

Diablo: E aí fazermos um balão dizendo que é “Beta”, né?

Montanha: Que é o quê!? Está doido?

Tungstênio: Não, Montanha... Gostei da ideia! Vamos falar com a Seamonkey sobre isso.

Diablo: Massa! Ó! E aquela caixa ali? Trouxeram muita coisa massa?

Tungstênio: Quase me esquecia do container que conseguimos trazer...

Diablo: Tem alguma arma química aí dentro?

Tungstênio: Vamos verificar! Seja o que for, há de nos ser muito útil!

Montanha: Vou abrir, chefe! Diablo, vem dar uma força!

Tungstênio: Não vejo a hora de termos um logo. O logo será simples, acho que a Seamonkey consegue fazer um trabalho bacana... O site pode ser algo simples. Com certeza chamaremos atenção do mundo inteiro, mesmo com um site simples. Talvez no BlogSpot mesmo.

Montanha: O container vem da China.

Tungstênio: Hmmm... Interessante!

Diablo: A gente podia ter um Twitter.

Tungstênio: Sim! Um Twitter! Se tivéssemos um, colocaríamos hoje: “Derrotamos finalmente o Cigano no Porto!”

Diablo: Sério!? Que massa! Estamos livre daqueles prego!!!

Tungstênio: Hahahahahaha!

Montanha: Nossa...

Diablo: Que peste...

Tungstênio: O que houve? Conseguiram abrir o container?

Montanha: Conseguimos... É... Fala você, Diablo.

Diablo: Bom, chefia, é... Que tal um Tweet: “Temos 1 tonelada de palitos. Trocamos por armas de destruição em massa...”

P. S.: Publicado inicialmente na Revista Espírito Livre.

Avalie: 
No votes yet

Comentar