25 jun 2005

O Último Falcão

Submitted by bardo

Lá se vai o último falcãoAs Asas da Águia
Chega ao chão mais uma pena torta
Depois de tanta perseguição
Vai ao chão como uma folha morta

O céu muda a cor para abraçar
Seu querido filho ora alado
Que somente por poder voar
Já se encontra todo estraçalhado

Foi-se o tempo da inocente dança
Só silêncio sapateia o chão
Trespassado por tão fria lança

Toda a luta por paz foi em vão
Já se foi a última esperança
Lá se foi o último falcão


Ouça esta poesia declamada em audio (e a veja em papel de parede).

Avalie: 
No votes yet

Comentar